sábado, 19 de março de 2011

POR CAUSA DELA / inédita

por causa dela ( composição inédita )

Tou vivendo apaixonado
Não sei mais o que vou fazer
Essa mulher não me ama
Por causa dela vou beber
Garçom va trazendo cerveja
Bote aqui na mesa e deixe eu cair
Quando eu tiver no chão
Você mim levante e mande eu sair

Refrão

Ela é bandida, mais eu gosto dela
Deixe eu beber, deixe eu chorar por causa dela
Ela é bandida, tem jeito não
Eu vou enchendo a cara, a doença não sara, virou solidão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário